Publicidade

2ª Feijoada Restaurante Fundo de Quintal – “Um Jeito Cuiabano de Ser Feliz”

Dia de sábado. Feijoada no “Fundo de Quintal”. Grupo de amigos. Muitas famílias. Música gostosa. Samba de raiz.

Programa para quem tem alma jovem. Pra jovem guarda de ontem e pra velha guarda de amanhã. Pra juventude de ontem e de hoje.

Comida saborosa. Quentinha. Cerveja gelada. Ambiente aconchegante. Alegria geral. Conversa fiada. Língua afiada. Apimentada, qual tempero de feijoada.

Fundo de quintal. Casa cuiabana tem. Muitos pés de fruta. Casa Cuiabana tem. Muitos amigos festeiros e festivos. Casa cuiabana tem. Muita alegria. Casa cuiabana tem. Muita fartura. Casa cuiabana tem. Muita amizade. Casa cuiabana tem.

Em terras cuiabanas, nada mais agradável que um “Fundo de Quintal” bem cuidado, pra receber os amigos e fazer festa.

Comer no quintal da casa, sob o calor da terra, à sombra das árvores, faz cócegas na alma de nossa gente. É uma pequena mostra do jeito cuiabano de ser feliz.

Os donos do “Fundo de Quintal”, aprazível casa cuiabana de “almoçar fora”, criaram uma atmosfera cabocla, com cidadania tipicamente cuiabana, para receber a todos que apreciam os pratos simples e saborosos da terra.

Vale a pena conhecer o local, saborear as delícias e viver um gostosa experiência de ser Cuiabano … no “Fundo de Quintal”.

Agradeço a Rafael e aos seus pais, proprietários do Fundo de Quintal, por nos terem propiciado “passar o dia”, neste sábado (02/06), no melhor estilo cuiabano de viver: com calor humano, comida gostosa, cerveja gelada, amizade sincera e alegria geral.

Ser feliz é simples. Como o Fundo de Quintal. Um jeito cuiabano de ser feliz!

Fonte: Equipe Soul Cuiabano

Confira todas as fotos na galeria do blog, ou acesse o link abaixo:

http://www.flickr.com/photos/79961437@N06/sets/72157629998486483/

Anúncios
Categorias: Histórico, Publicidade, Vale a Pena Espiar | Tags: , , , , , , , | 2 Comentários

Soul Cuiabano: Um Blog da Cuiabanidade.

Em boa hora, Rodolfo, um guri cuiabano, resolveu criar um blog para falar das coisas da nossa terra, plantando cuiabanidade nos quintais férteis dos “sítios” da Internet.

O nome do blog, SOUL CUIABANO, bem fiel ao estilo leve e animado da terra, carrega duplo sentido: afirma a natalidade cuiabana e aponta para algo além, transcendental, sensível, místico e elevado, a ALMA (SOUL, em inglês) CUIABANA.

Vale lembrar que o SOUL é a música dos negros americanos, cuja apresentação é emotiva, com uma melodia misteriosa e cheia de improvisações, rodopios corporais e efeitos sonoros. Nada mais cuiabano!

Esse nome, pois, é um achado! Carrega o nosso orgulho de sermos cuiabanos. Mostra que somos um estado de espírito. Uma coisa da alma. Chama para a nossa identidade mesmo os paus-rodados, dês que tenham cuiabanice interior. Finalmente, cunha uma expressão internacional, que nos projeta para o mundo.

Conclamo os cuiabanos de tchapa e cruz a visitarem esse novo blog e a darem aqui a sua contribuição, mostrando o talento de nossa gente e a riqueza dos nossos valores.

Soul Cuiabano. Do bairro do Porto. Da Ponte do Mandrulho. Da boca do Valo. Da entrada do Terceiro. Do bairro do Baú. Da Ponte da Confusão. Do Tanque do Baú. Da Igreja do Rosário. Da Feirinha da Mandioca.

Soul Cuiabano. Do rio Cuiabá. Da Pedra 21. Do Sarã. Do pacu. Da piraputanga. Do peixe pescado entre crianças nadando e mulheres lavando roupa.

Soul Cuiabano. Das Festas do Divino. De São Benedito. De São João. Das festas de Dona Juja. De Dona Guilhermina. De Dona Beleca. De Mestre Inácio.

Soul Cuiabano. De Zé Peteté. De Zé Bolo Flor. De Vicente Padeiro. De Ezequiel. De personagens que enriqueceram o imaginário das crianças e jovens desta cidade.

Soul Cuiabano. Do Cine São Luiz. Do Cine Teatro. Dos circos do Campo D’Ourique.

Soul Cuiabano. Das peladas de rua. Do jogo de bolita. De soltar pandoga. De brincar de corcoveia.  De Tabufa. De direita Vazia. De chapa branca.

Soul Cuiabano. Das brincadeiras dançantes. Dos quitutes dominicais.  Dos Piqueniques na Praia Rica. De passar dia na casa dos amigos e parentes.

Soul Cuiabano. Da viola de cocho. Do ganzá. Do siriri. Do Cururu. Do rasqueado.

Soul Cuiabano. De Rondon. De Dom Aquino. De Silva Freire

Soul Cuiabano. De moreno calor. De alma festiva. De Tchapa e cruz.

 Soul Cuiabano. De Corpo e Alma!

Fonte: Soul Cuiabano

Autor: Maurides Leite (Um cuiabano nascido no alto da Coxim e criado às margens do Rio Cuiabá e dos Córregos da Prainha e do General, nos quais se banhava sem medo de ser feliz, entre lambaris e piraputangas, no tempo em que a cobiça dos homens ainda não destruíra as nascentes e poluíra os nossos mananciais).

Publicado por Rodolfo Leite – Administrador, editor e redator do blog Soul Cuiabano.

Categorias: Cultura, Histórico, Publicidade | Tags: , , , | 17 Comentários

Blog no WordPress.com.